Colibri thalassinus ( Swainson, 1827)

Nome popular - Colibri Verdemar (em espanhol)

Nome em inglês - Green Violet-ear

Os sexos têm plumagem semelhante.

Medidas: Comprimento 10,5 a 11,5 cm.

Peso 5,7g (machos)  - 4,8g (fêmeas).

Espécie encontrada desde as terras altas do sul do México até norte da Argentina, seguindo o lado oriental do continente americano. É um visitante raro nos Estados Unidos, principalmente no sul e no centro do Texas, com registros espalhados até o extremo sul do Canadá.

Os habitats comuns  são nas copas das árvores e bordas da floresta subtropical e de baixa temperatura, florestas secundárias, matagais,clareiras e jardins na zona subtropical. Prefere altitudes de 1.200 a 2.300 m , mas descem até cerca 500 m em busca de fontes de alimento. Eles geralmente preferem áreas mais úmidas e de altitude maiores, como florestas de nuvens.

Jovem imaturo - sexo indeterminado pousado na haste floral da Guzmania rubrolutea (Bromeliaceae)

Jovem imaturo - sexo indeterminado. Este exemplar se alimentava nas flores de várias touceiras de Russelia equisetiformis  (Plantaginaceae), num dia muito quente e o néctar deixou seu bico com essa aparência esbranquiçada, devido à evaporação da água e consequente aderência do açúcar.

Exemplar adulto, nas flores da Echeveria elegans (Crassulaceae), planta do grupo das suculentas, nativa e comum nas regiões montanhosas da Costa Rica.

Exemplar adulto fartando-se de

néctar nas flores da  Cuphea ignea (Lythraceae), planta arbustiva muito usada em canteiros de jardins. A planta produz uma quantidade muito grande de flores e nessa época alguns beija-flores as defendem ferozmente como seu território de alimentação.

À esquerda, o beija-flor está se espreguiçando,

comportamento comum nos momentos

que antecedem um voo.

Abaixo a ave está alerta para a proximidade

de outro beija-flor em uma área considerada

território de alimentação e que será

defendido, custe o que custar.

Flores como as desta Fuchsia magelanica alba (Onagraceae) são irresistíveis para a maioria dos beija-flores. O gênero Fuchsia é bem adaptado ao clima fresco de florestas de altitude e produz flores em abundância. Também é muito apreciado pelos jardineiros que ao longo dos anos já produziram dezenas de híbridos.