Eupetomena macroura cyanoviridis (Gmelin, 1788)

Nome popular - Beija-flor-tesoura

Nome em inglês - Swallow-tailed Hummingbird

Comportamento migratório: Pequena migratória.

Os sexos têm plumagem semelhante.

Medidas: Comprimento 19,0 cm. Peso 9,0 g.

Vibração das asas: 25/s

Encontrado em todas as regiões do Brasil, menos nos estados do Nordeste. É um dos maiores beija-flores do Brasil. Perde em tamanho apenas para Topaza pella da Região Amazônica. Defende o seu território contra qualquer intruso, seja ele da sua própria espécie ou não. Até por volta de 1995, eu nunca avistei essa espécie na região Norte do Paraná e agora é bastante comum. Ela tem o hábito de investigar quase todas as flores que introduzimos no jardim e também grampos coloridos no nosso varal de roupas. 

As flores de Pachystachys lutea (Acanthaceae) estão presentes quase o ano todo no jardim. São  excelentes produtoras de néctar.

Este espécime ainda é bastante jovem. Nota-se pelas penas ainda em desenvolvimento logo abaixo do bico. Seu comportamento tímido também indicava sua pouca idade e falta de experiência em disputas territoriais. Mas isso mudará em alguns meses e ele revelará seu espírito guerreiro tão característico da espécie. Flores da Heliconia angusta var. "Orange"(Heliconiaceae).

 Dois exemplares que exibem todo o seu tamanho. Acima, as flores de Lippia Alba (Verbenaceae), planta comum na Mata Atlântica e nos Cerrados.

Acima, libando néctar de Costus spiralis (Costaceae). À direita, guardando as flores de 

Inga edulis (Fabaceae).